Metodologias Ativas: para ensinar e aprender

Metodologias Ativas

Metodologias Ativas: para ensinar e aprender

O uso de Metodologias Ativas tem sido cada vez mais presente nos processos de aprendizagem, tanto nos modelos de ensino presenciais quanto remotos. Mas, afinal, o que é isso? Que metodologias são essas? Para que servem?

As metodologias ativas são estratégias de ensino na qual os alunos tornam-se os protagonistas do processo de aprendizagem, e o professor contribui no processo, sendo uma espécie de facilitador/ mediador. O aluno é desafiado a pensar, pesquisar e tecer suas próprias opiniões sobre os assuntos em pauta, tornando o aprendizado mais prático, ativo e com mais resultados, atingindo os objetivos propostos no plano de ensino.

Assim, o professor utiliza a vivência dos alunos para construir o conhecimento, usando suas próprias experiências para analisarem os temas, dando a eles liberdade para concordarem ou questionarem práticas já estabelecidas, buscando novas soluções.

Existem vários tipos de metodologias ativas, é preciso escolher a mais adequada para que seu uso traga os resultados desejados.

 

Quer conhecer e aprender o passo a passo de como implantar um programa de desenvolvimento?

Baixe gratuitamente agora mesmo nosso eBook: Desenvolvimento De Líderes e Equipes:

 

Confira algumas dessas metodologias e entenda como elas funcionam:

Sala de aula invertida

Nesta metodologia, o conteúdo é apresentado ao aluno fora do ambiente escolar, ou seja, ele tem acesso ao material de ensino, que pode ser vídeo-aula, textos, livros, podcasts, etc. Com isso, o aluno já tem conhecimento prévio do conteúdo e as aulas servem como um momento para analisar o tema, tirar dúvidas e discutir ideias sobre os conceitos já vistos, com a mediação do professor.

Exemplo: plataformas de cursos online, na qual os alunos recebem acesso ao material previamente, e depois tem aulas online ao vivo com o professor para tirar dúvidas e discutir os temas.

 

Gamificação

Aqui são utilizados jogos para o aprendizado. Tanto podem ser jogos físicos, como os de tabuleiro, quanto online. Já existem diversas plataformas que oferecem o serviço de gamificação, com jogos interativos online. Também podem ser realizados através de atividades físicas. É preciso que o professor faça a adequação da atividade ao conteúdo a ser ministrado, de modo que se atinja o resultado almejado.

Exemplo: Atividade na qual os alunos são divididos em grupos e recebem uma missão, geralmente a construção de um pequeno projeto (uma maquete, uma ferramenta, etc.), com regras e objetivos definidos. Ganha a “missão” quem cumprir o objetivo dentro das regras. Durante e após a atividade devem ser tratados temas relacionados ao conteúdo, tais como colaboração, trabalho em equipe, comunicação, etc.

 

Ensino Híbrido (blended learning)

Modalidade que combina aulas online com aulas presenciais. É considerada uma metodologia ativa porque considera o aluno como protagonista, uma vez que ele será responsável por seu próprio aprendizado. É necessário ter disciplina e proatividade para assistir aos conteúdos, fazer pesquisas, realizar as atividades, etc.

Exemplo: treinamentos técnicos/ operacionais nos quais a parte teórica do curso é oferecida de forma online, e o aluno tem aulas presenciais para treinar as habilidades e conhecimentos com um instrutor experiente.

 

Aprendizagem baseada em problemas – Problem based learning (PBL)

Este modelo tem por objetivo fazer com que os alunos aprendam através da solução de problemas. Eles devem usar os recursos disponíveis para explorarem a situação, fazerem suas análises e apresentarem uma solução. O professor lança o desafio e tem o papel de mediador, instigando os alunos a resolverem o problema por conta própria. Ao final, o professor faz uma reflexão e mostra as alternativas possíveis para a solução, bem como mostra os erros e acertos.

Exemplo: essa metodologia é muito utilizada em faculdades de Medicina, nas quais são utilizados casos reais de pacientes para que os alunos aprendam a pensar como clínicos.

 

Conheça as tendências e metodologias para criar programas de treinamento e desenvolvimento organizacionais utilizadas pelas empresas mais inovadoras e de alta performance do mercado. 

 

 

As metodologias ativas trazem muitos benefícios para os alunos e para as instituições. O aluno desenvolve mais confiança e autonomia, aprende a lidar e resolver problemas, além de se tornar um profissional mais qualificado e valorizado. A instituição consegue ter alunos mais engajados e satisfeitos, que transformam o aprendizado em resultados reais.

Logo, não basta apenas investir em bons conteúdos, é importante conhecer e fazer uma boa escolha da metodologia, que tem papel fundamental para a assimilação e utilização do conhecimento disponibilizado.

Saiba mais sobre este tema e aprenda a implantar programas de desenvolvimento modernos e eficazes na sua organização. Conheça nossa Formação em Treinamento & Desenvolvimento e tenha acesso a muitas metodologias, ferramentas e modelos para estruturar a área de T&D/ DHO da sua empresa.